Ações europeias se recuperam com dados econômicos da China

As ações europeias fecharam em alta nesta quarta-feira, revertendo as perdas da sessão anterior depois que dados sobre o crescimento econômico da China ficaram ligeiramente acima das expectativas.

ALISTAIR SMOUT E BLAISE ROBINSON, Reuters

16 Abril 2014 | 14h46

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, fechou com alta de 1,2 por cento, a 1.322 pontos, em uma recuperação que a maioria dos operadores interpretou como reação à queda de 1 por cento na sessão anterior.

Mais cedo neste mês, o índice chegou perto de máxima de seis anos, mas o rali foi suspenso por preocupações sobre a crise na Ucrânia e com o ritmo do crescimento chinês.

Dados mostraram nesta quarta-feira que a economia da China cresceu no primeiro trimestre deste ano no menor ritmo desde o terceiro trimestre de 2012, a 7,4 por cento, mas superou as previsões de 7,3 por cento em pesquisa da Reuters.

"Os dados chineses talvez não sejam agressivamente positivos, mas certamente não fizeram nada para decarrilar o otimismo, dando aos mercados o ímpeto para uma sessão forte", disse o analista do IG Alastair McCaig.

O papel da empresa de serviços públicos francesa Suez Environnement saltou 7,1 por cento, maior ganho no FTSEurofirst, enquanto a ação da Veolia Environnement avançou 4,3 por cento, impulsionadas por especulações de fusão.

Após o fechamento as empresas negaram discussões para uma fusão ou mesmo que estejam estudando tal projeto.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,65 por cento, a 6.584 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,57 por cento, para 9.317 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 registrou alta de 1,39 por cento, a 4.405 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib ganhou 3,44 por cento, para 21.534 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 valorizou 1,63 por cento, a 10.267 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve valorização de 2,15 por cento, para 7.342 pontos.

(Reportagem adicional de Sudip Kar-Gupta e Vikram Subhedar em Londres)

Mais conteúdo sobre:
BOLSAEUROPA FECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.