Açúcar fecha firme em NY; café muda de direção e tem leve queda

Confira a seguir como fecharam os negócios com contratos futuros de açúcar bruto e café arábica na bolsa de Nova York (ICE USA) nesta sexta-feira:

Reuters

27 de julho de 2012 | 16h28

AÇÚCAR

Os futuros do açúcar bruto cotados na bolsa de Nova York (ICE) registraram uma leve alta nesta sexta-feria, com um mercado mais consolidado se recuperando da queda de mais de 5 por cento que sofreu durante a sessão da quinta-feira.

O movimento dos preços durante a sessão se mostrou volátil, e se mostrou brevemente negativo, enquanto o mercado se consolidava, disseram traders.

Com base no contrato outubro da commodity, o analista sênior da Newedge USA, Alex Oliveira, disse que o mercado está mantendo o açúcar em uma banda de preços de entre 22 a 22,50 e 24 centavos de dólar por libra-peso.

Chuvas abaixo da média na Índia, segundo maior produtor da commodity, aumentou as previsões de um menor fornecimento do país, e até de uma possível necessidade de importação.

O contrato referência outubro fechou com alta de 0,02 centavo para fechar a 22,52 centavos por libra-peso.

Na semana, o spot fechou com alta de 5,9 por cento, seu maior aumento semanal em três meses.

Em Londres, o contrato outubro teve queda de 0,16 por cento, fechando a 614,5 dólares por tonelada.

CAFÉ

Os futuros do café arábica cotados na bolsa de Nova York (ICE) mudaram de direção nesta sexta-feira e fecharam em queda, após a realização de lucros atingir levemente os preços.

Inicialmente, o mercado registrava ganhos, acompanhando o complexo das commodities, mas mudou de direção e terminou levemente mais baixo com a realização de lucros pesando sobre o mercado, disseram traders.

O contrato setembro da commodity registrou perdas de 0,35 centavo de dólar, ou 0,2 por cento, para encerrar a 1,7370 dólar por libra-peso.

Na semana, o contrato spot da commodity fechou com queda de 7,1 por cento, sua maior queda semanal em 4 meses e meio.

O setembro permaneceu levemente abaixo da média móvel de 100 dias de 1,7708 dólares por libra-peso.

Em Londres, o contrato setembro do café robusta teve alta de 1,67 por cento, ou 37 dólares, a 2.246 dólares por tonelada.

(Reportagem de Marcy Nicholson e Rene Pastor)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSFECHANY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.