Acusada de matar a mãe teria emparedado corpo sob a pia

A Justiça do Rio decretou a prisão temporária por 30 dias de Samile Pinto da Fonseca, de 39 anos, acusada de matar a própria mãe e concretar o corpo da vítima embaixo da pia da cozinha da residência onde moravam, na rua Francisca Xavier, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio.

MARCELO GOMES, Agência Estado

21 de fevereiro de 2014 | 10h37

A Justiça também expediu ordem de prisão do namorado de Samile, Fábio de Oliveira Furtado, de 18 anos. Os dois permanecem foragidos.

O desaparecimento de Sônia Maria Pinto da Fonseca, de 62 anos, foi denunciado à polícia por vizinhos da família. O cadáver foi localizado na última quarta-feira, 21. Conhecida na região como Vovó Conga, a vítima era mãe de santo.

Tudo o que sabemos sobre:
assassinatomãeRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.