Acusado da morte de cinegrafista chega ao Rio

O voo comercial que trouxe o auxiliar de serviços gerais Caio Silva de Souza, de 22 anos, da Bahia para o Rio, pousou por volta das 8h45 no Aeroporto Internacional do Galeão, na Ilha do Governador, na zona Norte do Rio.

MARCELO GOMES, Agência Estado

12 de fevereiro de 2014 | 09h36

O avião parou no meio do pátio e Souza foi a segunda pessoa a desembarcar, logo após um oficial da Polícia Civil do Rio. Em seguida, dois outros policiais que o escoltavam também desceram do avião.Souza saiu pela porta traseira e, logo após descer a escada de apoio, foi conduzido a uma viatura da Polícia Civil.

Ele está sendo levado à Cidade da Polícia, complexo que reúne diversas delegacias especializadas no bairro do Jacaré, na zona Norte do Rio. Souza é suspeito de ter disparado o rojão que matou o cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Ilídio Andrade.

Tudo o que sabemos sobre:
protestocinegrafistaprisãoacusado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.