Acusado de estelionato em quatro Estados é preso em Cuiabá

Com ele foram encontrados, segundo a PRF, documentos falsos, cheques de terceiros, contratos e dinheiro

Solange Spigliatti, estadao.com.br

11 Novembro 2008 | 13h26

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Mato Grosso prendeu nesta segunda-feira, 10, um estelionatário que agia no Rio, em Goiás, na Bahia e no Estado. O acusado tinha acabado de aplicar um golpe em uma loja de Cuiabá e estava saindo da cidade com os objetos adquiridos utilizando documentos falsos.   Carlos Alberto de Souza Moreira, de 56 anos, foi detido por volta das 17 horas na altura do km 387 da BR-364, na saída de Cuiabá para Rondonópolis. Durante revista realizada no interior do veículo foram localizados equipamentos eletrônicos, sendo uma impressora multifuncional HP, um notebook Positivo e um monitor HP 17".   Ao ser questionado sobre a procedência dos produtos, Carlos disse ter adquirido numa loja do Shopping Pantanal, na capital mato-grossense, pela quantia de R$ 1,2 mil. Porém foi localizada no interior do veículo uma nota fiscal no valor de R$ 2.348,98, referente à compra das mercadorias, juntamente com vários cartões de diversas lojas e várias folhas de cheques em nome de terceiros, além de um RG falso em nome de Luis de Almeida Santos, com a foto de Carlos.   Carlos também portava, segundo a PRF, uma maleta com diversos números de CPF, RG e contratos de empresas em nome de terceiros que, segundo ele, foram comprados pela quantia de R$ 100,00 cada e que seriam utilizados para aplicar novos golpes em Cuiabá.   Carlos utilizava contratos de empresas fictícias e se passava por proprietário de empresas de construção para fazer os cadastros nas lojas. Sempre muito bem vestido e tratando os funcionários educadamente, disse não ter tido dificuldade em realizar as compras.

Mais conteúdo sobre:
crimeestelionatoMTCuiabáPRF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.