Acusado de matar português no Rio é condenado à prisão

Claudeci Bezerra da Silva teria esfaqueado turista na praia de Copacabana em agosto de 2007

TALITA FIGUEIREDO, Agencia Estado

03 de outubro de 2007 | 18h32

Foi condenado nesta quarta-feira, 3, a 25 anos de prisão o assaltante Claudeci Bezerra da Silva, acusado de matar o turista português André Costa Ramos Bardaro, esfaqueado na praia de Copacabana em agosto do ano passado. Em sua sentença, a juíza Maria Izabel Pena Peranti, da 16ª Vara Criminal, descreveu o criminoso como "lúcido, frio e implacável".O estudante português passava férias com os pais no Brasil e tomava sol no posto 4, em frente ao hotel onde a família estava hospedada. Os pais estavam tomando banho de mar. O assaltante puxou a mochila do português, que reagiu assustado. Silva lhe deu um golpe de faca, matando-o na hora. O criminoso foi perseguido por bombeiros que estavam na praia e capturado com a faca ensangüentada nas mãos. A mochila do estudante também estava com ele.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.