Adesão de SP a greve é baixa

A Secretaria de Educação de São Paulo informou que cerca de 5% dos docentes não trabalharam pela manhã, por adesão à greve nacional de três dias contra o não cumprimento da Lei Nacional do Piso. A Apeoesp afirmou que um terço dos professores aderiu. Em Pernambuco, que paga o piso de R$ 1.451, a adesão foi de 85%, segundo o sindicato local. Na Bahia, foi de 90%. Minas e Rio Grande do Sul também registraram paralisação.

O Estado de S.Paulo

15 Março 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.