Adiada votação sobre dispensa de advogados do rodízio

Por falta de consenso, foi cancelada a sessão extraordinária que votaria hoje, na Câmara Municipal de São Paulo, o projeto de lei 406/07 que dispensa os advogados do rodízio de carros na cidade. O texto, de autoria do vereador Edivaldo Estima (PPS) e que já foi aprovado em primeira discussão, continua na pauta e pode ser votado ainda esta semana, segundo a assessoria de imprensa da Casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.