Adiado julgamento de pai por morte de filhos no ABC

O julgamento do segurança João Alexandre Rodrigues, acusado de matar e esquartejar com a ajuda da mulher Eliane Aparecida Antunes Rodrigues os dois filhos dele, de 12 e 13 anos, foi adiado para o dia 15 de dezembro. O crime aconteceu em setembro de 2008 na Vila Aurora, em Ribeirão Pires, no ABC.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

23 de novembro de 2010 | 12h17

Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), a audiência foi adiada devido a ausência do advogado de defesa do réu. O casal iria a júri na manhã de hoje no fórum de Ribeirão Pires.

Segundo a denúncia do Ministério Público (MP), João Alexandre, de 40 anos, asfixiou um dos filhos na sala enquanto o outro foi morto a facadas por Eliane, de 36. Depois, os corpos foram esquartejados.

Membros dos meninos foram jogados em sacos de lixo e descobertos pela limpeza pública. Os dois foram indiciados por duplo homicídio qualificado por motivo torpe, ocultação de cadáver e fraude processual.

Tudo o que sabemos sobre:
crimejulgamentomortecriançasABC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.