Adolescente baleado morre em Indaiatuba, interior de SP

Para polícia, corpo do jovem pode ter sido jogado por colega do 4º andar do prédio onde moravam

Elvis Pereira e Rose Mary Silva, estadao.com.br e O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2008 | 17h26

O adolescente B. C. F., de 15 anos, morreu na noite de quarta-feira, 21, ao ser baleado e despencar do quarto andar de um prédio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU), na Rua Francisco Denny, no Jardim Eldorado, em Indaiatuba, a 112 km da capital paulista. Suspeita-se que o ele tenha sido arremessado.  Acionada por volta das 20 horas, a Polícia Militar foi até o local e encontrou o jovem caído no chão. Ele foi levado ao pronto-socorro do Hospital Municipal Augusto de Oliveira Camargo, mas não resistiu. No momento do acidente sua mãe não estava no apartamento onde moravam, no terceiro andar. A polícia procura o suspeito H.S.S., de 17 anos que foi visto por moradores do prédio sair correndo com os pés sujos de sangue. O caso começou a ser investigado pela polícia que procura mais pistas para explicar a ocorrência. O caso foi registrado como homicídio doloso. O corpo do adolescente foi sepultado às 16 horas desta quinta-feira, 22, no Cemitério Municipal Parque dos Indaiás, em Indaiatuba, região metropolitana de Campinas.  

Mais conteúdo sobre:
Indaiatubaprédio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.