Adversários tentam levar Temer a debate na TV Câmara

Os deputados Aldo Rebelo (PCdoB-SP), Ciro Nogueira (PP-PI) e Osmar Serraglio (PMDB-PR) pediram na quinta-feira ao presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), que determine à TV Câmara a realização de um debate entre os candidatos à presidência da Casa. Os três disputam o cargo com Michel Temer (PMDB-SP), considerado o favorito para suceder Chinaglia. Temer, no entanto, nega-se a enfrentar os adversários em um debate, e a televisão da Câmara informou aos parlamentares que só promoverá o evento se todos os candidatos aceitarem participar. Por isso, os três candidatos pediram que Chinaglia interceda. A demanda foi feita por meio de carta conjunta enviada à presidência da Casa. "Vejo como um receio desnecessário, porque nós queremos esclarecer os deputados sobre os nossos programas", disse Rebelo a jornalistas, depois de perguntado sobre se a recusa de Temer implicava temor. "Aqui não há disputa de pessoas, mas de ideias," acrescentou. A eleição está marcada para o dia 2 de fevereiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.