Advogado é morto a tiros na zona oeste do Rio

Um advogado foi morto a tiros na porta do escritório na noite desta quarta-feira, 16, no bairro do Recreio, zona oeste do Rio. Ricardo Caldeira, de 49 anos, foi abordado por dois homens que se passaram por clientes em seu escritório. Ao atendê-los, os homens mostraram as armas e o conduziram para fora do prédio. Do lado de fora, ele foi atingido por três tiros e morreu ainda no local.

Agência Estado

17 Abril 2014 | 09h09

A Polícia Civil já está com as imagens das câmeras de segurança do prédio e investiga o caso. A principal suspeita é que o crime tenha acontecido a mando de uma cliente, em função de dívidas. A Delegacia de Homicídios, entretanto, não descarta outras hipóteses.

Segundo a viúva, Cláudia Valéria Martins Caldeira, o advogado atuava em causas empresarias há mais de 25 anos e os clientes, em sua maioria, eram amigos do casal. A Polícia ainda vai ouvir as testemunhas.

Mais conteúdo sobre:
Rio violência advogado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.