Advogado é preso ao tentar entrar com celular em cadeia

O advogado Gerônimo Ruiz Andrade Amaral foi preso hoje acusado de formação de quadrilha, quando tentava entrar com componentes de telefones celulares na Penitenciária Maurício Henrique Guimarães Pereira, em Presidente Venceslau, no oeste de São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Amaral seria advogado da facão criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

02 de abril de 2008 | 21h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.