Aécio diz que responderá ataques de Dilma à altura e lamenta tom do debate na TV

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, lamentou nesta sexta-feira o tom do debate presidencial da véspera na TV e disse que irá responder à altura aos ataques que receber da adversária no segundo turno, a presidente Dilma Rousseff (PT).

REUTERS

17 de outubro de 2014 | 11h53

Ao lado da ex-candidata Marina Silva (PSB), no primeiro evento público em que estiveram juntos desde que ela anunciou apoio ao tucano, Aécio disse que ambos estão inaugurando um movimento para construir uma nova agenda.

Dilma e Aécio fizeram na quinta-feira, nos estúdios do SBT, o debate mais agressivo da campanha com ataques generalizados de ambos os lados, deixando as propostas de governo em segundo plano.

(Por Eduardo Simões)

Mais conteúdo sobre:
ELEICOES2014AECIOLAMENTADEBATE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.