Aeronáutica apura causa de queda de helicóptero no RJ

Este foi o segundo acidente envolvendo aeronaves que decolam do Aeroporto de Jacarepaguá em 15 dias

Pedro Dantas, O Estado de S. Paulo

17 de março de 2008 | 12h14

Peritos da Aeronáutica e a equipe do Aeroporto de Jacarepaguá se deslocaram para o local onde caiu, nesta segunda-feira, 17, um helicóptero na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, para apurar a causa da queda.   De acordo com as primeiras informações, a aeronave modelo Robson 22 teve uma pane e fez um pouso forçado no terreno ao lado do Pólo de Cinema e Vídeo da Barra. Os dois tripulantes foram socorridos por outro helicóptero, que se deslocou do Aeroporto de Jacarepaguá até o local do acidente. Testemunhas afirmam que eles ficaram feridos sem gravidade. Este foi o segundo acidente envolvendo aeronaves que decolam do Aeroporto de Jacarepaguá em 15 dias. Em 2 de março, um avião Cirrus 22 caiu próximo a um condomínio na Barra da Tijuca, matando quatro pessoas. De acordo com as investigações, houve troca do combustível - em vez de gasolina, o Cirrus foi abastecido com querosene.

Tudo o que sabemos sobre:
acidente aéreoBarra da Tijuca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.