Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Aeronáutica desmente boato sobre acidente

A informação era de que o piloto teria sido orientado de forma equivocada pela torre de controle

O Estado de S.Paulo

23 de janeiro de 2017 | 05h00

A Aeronáutica desmentiu no sábado, 21, boato sobre a queda do avião em que viajava o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, segundo o qual o piloto, Osmar Rodrigues, foi orientado pela torre de controle no Rio de forma equivocada, o que teria causado o acidente e a morte do ministro e mais quatro pessoas.

O responsável pela suposta instrução equivocada seria, segundo o boato, uma pessoa identificada como “sargento Marcondes”. Não existe militar com esse nome na equipe de serviço responsável por aquela área de controle”, disse a Aeronáutica. O “alerta”, que atribui a informação a “uma fonte anônima da Aeronáutica”, que a teria repassado ao Estado, está sendo compartilhado nas redes sociais.

Veja a nota da Aeronáutica publicada nas redes sociais da Força Aérea Brasileira:


 

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    Aeronáutica

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.