Aeroporto de Cumbica tem 19 vôos desviados

Congonhas está liberado para pousos e decolagens desde sua abertura, às 6h, e opera em condições visuais

Solange Spigliatti, estadao.com.br

16 Julho 2008 | 10h20

A neblina que atinge desde a noite de terça-feira, 15, a região do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, já causou o desvio de 19 vôos, segundo informações da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero). Durante a madrugada, o aeroporto chegou a fechar duas vezes. De 0h20 até 1h15 ficou fechado para todas as operações, abrindo para pousos somente às 3h52, e fechou novamente às 4h26, reabrindo às 5h26, quando começou a operar com auxílio de instrumentos. Por volta das 9h30, a situação era a mesma, com o registro de 19 vôos desviados. Por conta do fechamento, 17 vôos foram alternados para outros aeroportos até por volta das 8 horas desta quarta-feira. Outros dois vôos foram desviados por escolha dos pilotos, segundo a Infraero. Dez deles eram internacionais, sendo que sete foram para o Aeroporto do Galeão, no Rio, e os outros três, assim como os nove vôos domésticos, para Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo. Já o Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, estava liberado para pousos e decolagens desde sua abertura, às 6h, e operava em condições visuais.

Mais conteúdo sobre:
aeroportosCumbicaneblina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.