Aeroportos de SP voltam a operar após forte neblina

O Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, e o Aeroporto Campo de Marte, na zona norte da capital paulista, voltaram a operar após forte neblina nesta manhã. De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), em um primeiro momento, os pousos em Guarulhos foram suspensos às 4h23 e retomados às 6h45. Porém, minutos depois, a atividade foi novamente suspensa, voltando ao normal às 9h30. Durante esse período, as decolagens foram feitas sem problemas. Também em razão da baixa visibilidade, o Aeroporto Campo de Marte ficou fechado até as 9h30.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

01 Junho 2011 | 10h25

Em razão da forte neblina, Guarulhos teve de desviar 39 voos para os aeroportos do Galeão, na zona norte do Rio de Janeiro, Viracopos, em Campinas, Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, e para os aeroportos de Brasília e de Goiânia, em Goiás.

O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, também suspendeu os pousos entre 7h20 e 9 horas por causa do nevoeiro. Das 28 partidas previstas entre 0h e 9 horas, seis foram canceladas e quatro atrasaram. Das 23 chegadas, 9 foram canceladas e 13 registraram atraso superior a 30 minutos.

Mais conteúdo sobre:
aeroportos SP operação neblina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.