Aeroportos do País têm 12,5% dos vôos cancelados

Os passageiros continuam encontrando uma situação sem maiores problemas nos aeroportos brasileiros hoje. De acordo com boletim divulgado pela Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), 53 (5,1%) dos 1.046 vôos programados para hoje apresentaram atrasos e 131 (12,5%) foram cancelados da zero hora às 17 horas.Em São Paulo, no Aeroporto de Congonhas, apenas dois, ou 1,6%, de um total de128 vôos programados atrasaram e 31 (24,2%) foram cancelados. No Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), nove vôos (6,4%) dos 141 programados apresentaram atrasos e dez (7,1%) foram cancelados.No Rio, o Aeroporto Santos Dumont não registrou atrasos em 32 vôos programados. Quanto aos cancelamentos, a Infraero informou que o aeroporto carioca apresentou 11 vôos (34,4%) nesta condição. Também no Rio, no Aeroporto Tom Jobim, apenas dois, ou 2,1%, dos 96 vôos programados sofreram atrasos e oito (8,3%) foram cancelados.Em Brasília, o Aeroporto Presidente Juscelino Kubitschek, registrou três vôos (4,2%) com atraso, dos 71 programados. Na capital federal, cinco (7%) vôos foram cancelados. Em Porto Alegre (RS), no Aeroporto Salgado Filho, três (9,1%) dos 33 programados sofreram atrasos e dois (6,1%) foram cancelados.O pior porcentual de atraso informado pela Infraero foi verificado no Aeroporto Internacional Castro Pinto, em João Pessoa (PB), onde um (14,3%) vôo dos sete programados não foi realizado no horário estipulado. De acordo com a Infraero, até as 17 horas deste sábado, não foram verificados problemas com atrasos nos aeroportos Tancredo Neves, em Confins (MG); Eduardo Gomes, em Manaus; Santa Genoveva, em Goiânia (GO).

FLAVIO LEONEL, Agencia Estado

13 de outubro de 2007 | 18h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.