AGENDA POLÍTICA-Lula vai ao G20 em busca de saídas para a crise

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa, na próxima semana, da reunião dos 20 países mais ricos e em desenvolvimento, o chamado G20.

REUTERS

27 de março de 2009 | 18h38

O encontro, que ocorrerá em Londres na quinta-feira, vai buscar soluções conjuntas para a crise.

Lula já disse que pedirá na cúpula que os países apoiem uma expansão global do financiamento do comércio exterior, que foi prejudicado pela turbulência internacional. Quer, ainda, restabelecer o crédito e defende a criação de regras mais rígidas para as instituições financeiras.

Antes, Lula se encontra com o presidente da França, Nicolas Sarkozy.

Na semana, também será divulgada nova pesquisa Sensus encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) sobre a popularidade pessoal e do governo do presidente Lula. Pesquisas de outros institutos têm demonstrado redução nos patamares de avaliação do governo.

Veja, a seguir, os acontecimentos mais importantes da próxima semana.

SÁBADO, 28/3

-- O presidente Lula participa de mesa redonda com os países presentes à Conferência de Governança Progressista em Vina del Mar, no Chile. Participam o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown e o primeiro-ministro espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero. Também são esperados o vice-presidente dos EUA, Joseph Biden, e o ex-presidente americano Bill Clinton.

SEGUNDA-FEIRA

-- Sai pesquisa CNT/Sensus sobre desempenho pessoal e de governo do presidente Lula.

-- O presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), se reúne com empresários do Lide (Grupo de Líderes Empresariais) em São Paulo.

-- O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), e do Senado, José Sarney (PMDB-AP), participam da divulgação da Agenda Legislativa da Indústria, lançada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) com as 119 proposições de maior importância para o setor.

TERÇA-FEIRA

-- Lula participa da Cúpula América do Sul-Países Árabes em Doha, no Catar, onde se encontra com a presidente do Chile, Michelle Bachelet, e o emir do Catar, Hamad bin Khalifa Al-Thani. A partir da reunião, os líderes terão oportunidade de discutir a coordenação política entre os países e a cooperação para as áreas social, econômica e de meio ambiente.

-- Plenário da Câmara pode votar a medida provisória 451 que cria novas alíquotas e reduz o Imposto de Renda.

QUARTA-FEIRA

-- Dia marcado para o depoimento do delegando Protógenes Queiroz, que coordenou a operação Satiagraha da Polícia Federal, na CPI das Escutas Telefônicas da Câmara dos Deputados.

-- Em Paris, Lula tem encontro com o presidente da França, Nicolas Sarkozy. Depois segue para Londres onde terá encontros, separadamente, com a rainha Elizabeth e com o primeiro-ministro britânico Gordon Brown. Em seguida, participa de um jantar com Brown.

QUINTA-FEIRA

-- O presidente Lula participa da reunião do G20, que reúne os líderes de Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Rússia, Arábia Saudita, África do Sul, Coréia do Sul, Turquia, Reino Unido e Estados Unidos, além da União Européia.

(Reportagem de Ana Paula Paiva)

Mais conteúdo sobre:
POLITICAAGENDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.