Agente penitenciário é morto a tiros na Grande SP

Um agente penitenciário foi assassinado com dez tiros na noite de ontem, em Franco da Rocha, na Grande São Paulo. Segundo a Polícia Civil, o homem foi encontrado caído a quatro metros de distância de onde havia estacionado sua moto, na Rua João Faria, na Vila Guarani, por volta das 22h30. Ninguém foi preso.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

28 de setembro de 2010 | 10h45

A vítima trabalhava na Penitenciária Nilton Silva, conhecida como P2. O caso foi registrado na delegacia Seccional de Franco da Rocha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.