Agentes de segurança são mortos na região de Sorocaba

Dois agentes de segurança - um guarda municipal e um policial militar aposentado - foram executados, no sábado (16) na região de Sorocaba. Um dos crimes ocorreu de madrugada e vitimou um policial militar reformado de 50 anos no Jardim Prestes de Barros, na zona leste de Sorocaba. De acordo com a Polícia Civil, ele estava próximo de uma padaria quando foi rendido por um homem encapuzado que desceu de um automóvel. De acordo com testemunhas, o homem mandou que ele se virasse contra a parede e disparou nove vezes. Em seguida, o autor dos disparos fugiu com o comparsa, que o esperava com o carro ligado. Atingida pelo menos seis vezes, a vítima morreu na hora.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

16 de fevereiro de 2014 | 17h04

Em Cerquilho, cidade próxima, um guarda civil de 37 anos foi morto na estrada vicinal Pedro Della Torre, próximo da área urbana. Moradores vizinhos ouviram os disparos e foram até o local. O homem foi encontrado caído, ao lado do carro dele, com o corpo ferido por três disparos. Ele chegou a ser socorrido e levado para um hospital, mas não resistiu. Nos dois casos, a polícia trabalha com a hipótese de vingança, já que nada foi roubado. Também é investigada a possibilidade de ação de grupos criminosos contra agentes de segurança, mas ainda não há pistas.

Tudo o que sabemos sobre:
segurançaSorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.