Agentes penitenciários do DF encerram greve

Os agentes penitenciários do Distrito Federal (DF), reunidos em frente ao Palácio Buriti, decidiram hoje pelo fim da greve que já durava 22 dias. Eles retornam ao trabalho na próxima segunda-feira (31). A categoria decidiu acabar com a paralisação após a promessa do governo do DF em reabrir as negociações, disse a secretária-geral do Sindicato dos Agentes das Atividades Penitenciárias (Sindpen), Tatiana Bosqueto. Os agentes penitenciários, que recebem em torno de R$ 3,3 mil, reivindicam isonomia salarial em relação aos agentes da Polícia Civil, que ganham R$ 7,5 mil de salário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.