Airbus financiará buscas das caixas-pretas do voo 447

A fabricante de aviões Airbus está disposta a gastar até ? 20 milhões (R$ 53,234 milhões) para ajudar nas buscas pelas caixas-pretas do A330 da Air France que fazia o voo 447 entre o Rio de Janeiro e Paris e que caiu no Oceano Atlântico em 1º de junho, matando 228 pessoas. A informação foi publicada na edição desta quinta-feira do jornal francês de negócios La Tribune.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

30 Julho 2009 | 02h13

"Queremos saber o que exatamente aconteceu", disse ao jornal o presidente da Airbus, Thomas Enders. "Estamos apoiando uma busca estendida, por meio de uma grande doação."

O La Tribune disse que a Airbus está disposta a doar entre ? 12 milhões e ? 20 milhões para que as buscas possam ser estendidas por "pelo menos três meses". A segunda fase das buscas que estão em andamento deve terminar em 22 de agosto.

O acidente com o voo 447 foi o pior desastre em 75 anos de história da Air France. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Airbusacidentevoo 447

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.