Airbus recomenda troca de sensores de velocidade em A330 e A340

A Airbus anunciou nesta quinta-feira que está pedindo a companhias aéreas que troquem os sensores de velocidade em cerca de 200 aviões de longa distância por equipamentos fabricados pela fornecedora norte-americana Goodrich após o acidente com o jato A330 da Air France.

REUTERS

30 Julho 2009 | 18h02

A medida afeta os modelos A330 e A340 equipados com sensores fabricados pela francesa Thales, como o A330 da Air France, que caiu no oceano Atlântico no dia 31 de maio durante a rota Rio de Janeiro-Paris.

A Airbus divulgou um boletim às companhias aéreas nesta quinta-feira pedindo para que façam a troca de ao menos dois dos três sensores, conhecidos como tubos de Pitot, de cada aeronave.

(Reportagem de Tim Hepher)

Mais conteúdo sobre:
AVIACAO AIRBUS RECOMENDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.