Alckmin e Kassab dão prioridade a 2 linhas de metrô

Duas linhas de metrô de São Paulo foram escolhidas como prioridade do governador eleito do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB), e pelo prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab (DEM), para receber recursos do Orçamento federal em 2011. Ambos se reuniram com a bancada paulista no Congresso para discutir esses projetos.

LU AIKO OTTA, Agência Estado

23 de novembro de 2010 | 17h43

Alckmin pediu R$ 200 milhões para a linha Branca do metrô (Vila Prudente-Penha) e R$ 200 milhões para a construção de piscinões para conter enchentes. A bancada se comprometeu ainda a apresentar, em conjunto, uma proposta de emenda para reforçar recursos para a saúde.

Já Kassab pediu a inclusão de uma emenda com recursos para elaborar projetos de uma nova linha de metrô, que percorreria a avenida Celso Garcia, na zona leste da cidade. O valor não está definido. Ele também pediu recursos para a área de saúde.

As propostas de emendas serão apresentadas por deputados e senadores de São Paulo e analisadas pelo relator do Orçamento, senador Gim Argello (PTB-DF). Elas podem ou não ser incluídas na Lei Orçamentária, que ainda será votada e reenviada ao Executivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.