Alemanha, França e Dinamarca se unem por COP-15

Alemanha, França e Dinamarca se uniram para reivindicar metas na Conferência da ONU sobre a Mudança Climática de Copenhague e pedir o apoio dos líderes mundiais para que o encontro não fracasse. Para o presidente francês, Nicolas Sarkozy, é necessário acordar "números e objetivos específicos". "Não queremos grandes compromissos pela metade", declarou.

, O Estadao de S.Paulo

20 de novembro de 2009 | 00h00

Consulta feita pelo Conselho de Tecnologia da Dinamarca com 4 mil cidadãos de 38 países revelou que a população quer que os países ricos reduzam emissões de gases-estufa entre 25% e 40% até 2020. Ontem, em Haia, manifestantes colocaram cenouras em sapatos (uma espécie de pedido para Papai Noel) para pressionar a Holanda a atuar em favor de um acordo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.