Alemanha procura dez suspeitos por ataques frustrados

Procurados teriam dado apoio a três suspeitos presos na terça-feira.

BBC Brasil, BBC

06 de setembro de 2007 | 16h37

As autoridades da Alemanha anunciaram que estão procurando cerca de dez homens que, supostamente, teriam ajudado três militantes presos na terça-feira por ter planejado atentados no país.Os procurados seriam militantes islâmicos "alemães, turcos e de outras nacionalidades", disse nesta quinta-feira o secretário do Ministério do Interior, August Hanning, ao canal de TV alemão ARD.Os dois alemães e um turco presos na terça-feira são suspeitos de planejar os ataques, que, segundo as autoridades do país, poderiam ser maiores que os registrados em Madri, em 2004, e em Londres, em 2005.A promotora federal Monika Harms disse que os três haviam recebido treinamento em campos no Paquistão e tentado adquirir cerca de 700 kg de produtos químicos para fabricar explosivos.Ela disse que os acusados, presos nas cidades de Ulm e Neunkirchen, planejavam atacar instalações visitadas pelos americanos, como casas noturnas, bares e aeroportos, usando carros com explosivos.Segundo a imprensa, os homens planejavam ataques contra uma base militar americana em Ramstein e contra o aeroporto de Frankfurt.Com idades de 22, 28 e 29 anos, os suspeitos seriam integrantes de uma ramificação alemã do grupo islâmico União Jihad.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
alemanhaterrorextremistas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.