Alerj vai à Justiça contra Light após explosão de bueiro

Após a explosão de um bueiro na zona sul do Rio de Janeiro, no início de abril, a Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado (Alerj) entrou na Justiça com uma ação contra a Light. Além de solicitar o atestado de segurança dos equipamentos, emitido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), os parlamentares querem que a concessionária seja obrigada a adequar suas instalações na rede subterrânea em caráter emergencial.

MARCELA GONSALVES, Agência Estado

13 de abril de 2011 | 19h35

A ação solicita ainda que a Light repare os danos causados pelas explosões ocorridas em sua rede subterrânea nos últimos anos. Segundo Cidinha Campos (PDT), presidente da comissão, o risco de novas explosões é iminente e a população não pode esperar por um plano cuja solução venha num futuro distante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.