Alimento e despesa pessoal pesam e IPC-Fipe sobe 0,83% na 2ª quadrissemana

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo subiu 0,83 por cento na segunda quadrissemana de janeiro, ante alta de 0,74 por cento na primeira quadrissemana do mês, pressionado por alimentos e despesas pessoais.

Reuters

20 de janeiro de 2014 | 07h34

De acordo com os dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) divulgados nesta segunda-feira, o grupo Alimentação teve alta de 0,97 por cento na segunda quadrissemana, após subir 0,81 por cento na apuração anterior, representando o maior peso sobre a variação do índice, com 0,2206 ponto percentual.

Em seguida veio o grupo Despesas Pessoais, com alta de 1,51 por cento e peso de 0,1781 ponto percentual.

A divulgação do IPC-Fipe referente à terceira quadrissemana de janeiro ocorrerá em 27 de janeiro.

O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.

(Por Camila Moreira)

Mais conteúdo sobre:
MACROFIPEATUALIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.