Alonso vê evolução na McLaren e diferença menor em relação a adversários

Fernando Alonso procurou focar no lado positivo depois que ele e seu companheiro de McLaren Jenson Button se classificaram apenas na penúltima fileira do grid de largada do Grande Prêmio da Malásia de F1 neste sábado.

REUTERS

28 de março de 2015 | 11h57

Problemas de formação no novo motor Honda deixaram os ex-campeões muito atrás das principais escuderias. No entanto, apesar de largar em 18º no domingo, o piloto espanhol se mostrou animado com a evolução da equipe em relação à Austrália.

"Nosso desempenho hoje não foi inesperado, mas eu acho que nossa performance até agora talvez tem sido melhor do que eu teria previsto antes de chegar aqui à Malásia", disse o bi-campeão mundial.

Alonso ficou de fora do GP que abriu a temporada, em Melbourne há duas semanas, após sofrer acidente em teste em Barcelona no último mês. Button cruzou a linha de chegada em 11º na Austrália, enquanto o substituto Kevin Magnussen não conseguiu completar a prova.

"De fato, eu diria que a evolução que fizemos desde o GP da Austrália é fantástica. Estamos mais próximos dos carros da frente agora mas ainda abaixo do que podemos mostrar, então ainda precisamos melhorar", acrescentou o espanhol.

(Por John O'Brien)

Tudo o que sabemos sobre:
F1ALONSOMCLAREN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.