Aluna do 'Diário de Classe' vai a delegacia

A adolescente Isadora Faber, que ganhou notoriedade nacional após publicar no site facebook.com/diariodeclassesc denúncias das condições precárias de sua escola, em Florianópolis, foi parar na delegacia na tarde de ontem. Acompanhada do pai, ela atendeu à intimação (826/2012) feita após o registro de um Boletim de Ocorrência (BO) por sua professora de português. A estudante de 13 anos foi acusada de calúnia e difamação pela docente.

FLORIANÓPOLIS, O Estado de S.Paulo

19 de setembro de 2012 | 03h03

Isadora, que está no 7.º ano do ensino fundamental da escola Maria Tomázia Coelho, escreveu em sua página que estranhou a intimação, pois considerava o assunto encerrado, uma vez que, no início do mês, a professora lhe havia pedido desculpas - e ela tinha aceitado.

Na 8.ª Delegacia de Polícia de Florianópolis, o plantonista informou que o delegado deve falar hoje com a imprensa sobre o depoimento da estudante.

Em julho, Isadora começou a publicar fotos e depoimentos revelando problemas de infraestrutura e de ensino na escola. A iniciativa ganhou destaque na mídia nacional e reformas foram feitas na escola. / JÚLIO CASTRO, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.