Aluna é baleada em tentativa de assalto perto da USP

A estudante Camila Bassi Fernandes da Silva, de 22 anos, foi baleada no rosto, após deixar a Universidade de São Paulo (USP), ontem à noite. O disparo ocorreu durante uma tentativa de assalto por volta das 23 horas, nos arredores do câmpus, localizado na zona oeste da capital paulista.

PEDRO DA ROCHA E RICARDO VALOTA, Agência Estado

07 Outubro 2011 | 08h19

Dentro do carro, Camila foi abordada por criminosos no semáforo da Avenida Escola Politécnica, em frente à entrada do Parque dos Príncipes, no Rio Pequeno, bairro vizinho.

A jovem baleada foi socorrida por Thiago Lacerda do Nascimento, 26, estudante de outra universidade que passava pelo local. Ele contou que viu o carro parado, com o pisca-alerta ligado, que assumiu o volante e dirigiu até o pronto-socorro do Hospital Sarah Kubitschek, próximo ao local do crime. "Ela estava consciente. Sobre a tentativa de assalto, disse apenas que havia se assustado quando o ladrão chegou", afirmou Thiago.

Pelo menos dois tiros atingiram o veículo da vítima. Um acertou o para-brisa e o outro, o vidro da porta do passageiro. Atingida, Camila ainda ligou para a mãe, que acionou a Polícia Militar (PM). Até o início desta manhã, nenhum suspeito havia sido preso.

Camila foi transferida para o Hospital das Clínicas, onde chegou por volta das 2 horas de hoje.

Mais conteúdo sobre:
violênciaUSPalunatirosassalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.