Aluno agride professor com soco em sala de aula

Um professor de matemática foi agredido com um soco no rosto por um aluno de 17 anos durante uma aula na Escola Estadual Regente Feijó, em Itu (SP). O docente sofreu um corte na altura do olho e teve de ser levado para um hospital.

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

19 de junho de 2010 | 00h00

A agressão aconteceu na quarta-feira, segundo denúncia registrada no 3.º Distrito Policial da cidade. O professor Quintino Ferreira Rosa contou à polícia que, enquanto aplicava uma prova, o aluno ficava trocando de lugar, causando tumulto. Ao ser advertido, reagiu com o soco.

O professor precisou levar pontos no ferimento. Com o rosto inchado e abalado pelo ocorrido, o professor pediu afastamento temporário para tratamento médico.

O estudante foi levado por policiais ao DP. Ele alegou que achou que seria agredido, pois o docente teria levantado uma cadeira. O rapaz já havia sido suspenso anteriormente por indisciplina. A escola Regente Feijó é uma das mais tradicionais de Itu.

A direção da unidade não se manifestou. A Secretaria de Educação do Estado informou que foi convocada reunião do conselho escolar para tratar do caso. O aluno foi suspenso das aulas até a reunião. A diretora do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo em Itu, Rita Diniz, cobrou providências do Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.