Aluno é procurado por agredir professora em SP

A Polícia Civil de São José do Rio Preto (SP) procura o estudante da primeira série do ensino médio que na noite de ontem arremessou um apontador de lápis causando ferimentos na professora Rosemeire Silveira de Souza, de 51 anos. Ela dava aulas na escola Oscar de Barros Serra Dória, quando foi atingida no olho direito pelo objeto, que rompeu um vaso sanguíneo e causou hemorragia no órgão.

CHICO SIQUEIRA, Agência Estado

16 de fevereiro de 2011 | 17h37

Levada às pressas ao pronto-socorro, um médico a alertou de que pode perder a visão do olho se não fizer acompanhamento da lesão. Rosemeire foi atingida quando tentava organizar a saída da sala de aula. "Todos alunos queriam sair de uma vez só, e ao tentar fechar a porta para que saíssem um de cada vez, ela foi atingida pelo objeto", contou a delegada da Mulher Dálice Ceron, que apura o caso.

O marido da professora, Luís Silveira, disse que era a primeira vez que sua mulher dava aulas naquela classe. "Ela estava substituindo uma colega e nunca havia passado por situação semelhante na profissão", disse. Mesmo assim, segundo ele, Rosemeire iria se recuperar e voltaria a dar aulas para a classe dela na noite de hoje.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdeviolênciaeducaçãoescola

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.