Alunos de escola de Salvador sofrem intoxicação

Vinte alunos das turmas vespertinas da Escola Municipal Brás Bispo de Oliveira, do distrito de Moenda, zona rural de Presidente Tancredo Neves (BA), 251 quilômetros a sudoeste de Salvador, sofreram sintomas de intoxicação na tarde de ontem (06). Os pacientes, crianças e adolescentes de entre 11 e 15 anos, relataram ter sofrido dores abdominais e de cabeça. Alguns tiveram formigamentos nos membros posteriores, tremores e dificuldade para respirar. A maioria foi medicada e liberada. Três dos alunos passaram a noite internados no Hospital Luís Eduardo Magalhães, mas já receberam alta.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

07 de outubro de 2011 | 19h29

Os sintomas são semelhantes a outros oito casos registrados no município ontem, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, sem que tenha sido detectada a causa. Foi descartada apenas a hipótese de intoxicação alimentar - ontem, a escola não serviu merenda. Segundo informações da secretaria, foi coletado material dos infectados para que seja determinado o motivo da intoxicação. A principal suspeita é que as vítimas tenham entrado em contato com algum agrotóxico aplicado nas lavouras da região, pela água ou pelo ar.

Tudo o que sabemos sobre:
intoxicaçãoalunosSalvador

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.