Alunos que 'colaram' professora em cadeira são expulsos

Cola corroeu a calça da professora, que teve queimaduras de primeiro grau nas pernas

Tatiana Fávaro, de O Estado de S. Paulo,

30 de setembro de 2008 | 11h06

Três estudantes com idades entre 12 e 15 anos que colocaram cola de secagem rápida na cadeira de uma professora da Escola Estadual Reverendo Eliseu Narciso, na periferia de Campinas, foram expulsos e serão transferidos para três escolas diferentes, de acordo com decisão tomada pelo Conselho de Pais e Mestres na sexta-feira passada.  O caso ocorreu no dia 19, foi registrado pela Polícia Civil e é avaliado pela Vara da Infância e Juventude de Campinas. A cola corroeu a calça jeans da professora e provocou queimaduras de primeiro grau em suas pernas. A mulher de 28 anos foi socorrida por um funcionário da escola e levada a um pronto-socorro.

Mais conteúdo sobre:
violênciaescolaCampinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.