Alves fará comissão para acompanhar caso dos beagles

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), anunciou nesta terça-feira, 22, que deve autorizar a criação de uma comissão externa formada por deputados para acompanhar as investigações sobre as denúncias de maus-tratos contra os animais, além dos crimes de furto qualificado e de danos que teriam acontecido no Instituto Royal, em São Roque, a 66 quilômetros de São Paulo.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

22 Outubro 2013 | 16h30

Na sexta-feira, 18, ativistas invadiram o instituto e levaram 178 cães da raça beagle usados em testes laboratoriais. Os manifestantes alegam que os cães de raça sofriam crueldade. Nesta terça-feira, o Royal anunciou que doará os bichos que forem recuperados. De acordo com a entidade, os cachorros eram submetidos a exames com antibióticos e outros remédios e não há como recuperar o tratamento, considerado perdido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.