Amazonas confirma primeira morte por gripe suína

A Secretaria Estadual de Saúde do Amazonas confirmou hoje a primeira morte no Estado causada pelo vírus da Influenza A (H1N1), popularmente conhecida como gripe suína. Uma mulher, de 58 anos, que era professora e estava no grupo de risco por ser obesa, morreu ontem em Manaus. A vítima estava internada em uma unidade de uma clínica de saúde. Os exames foram confirmados ontem mesmo pelo laboratório Evandro Chagas, de Belém. De acordo com a secretaria, no Estado do Amazonas já foram confirmados 39 casos da doença e mais 22 estão sendo analisados.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

20 Agosto 2009 | 10h48

Ontem, a Secretaria de Estado da Saúde do Paraná registrou mais 12 casos de morte por gripe suína no Estado. O Rio Grande do Sul também divulgou mais 6 vítimas. Em Santa Catarina, no município de Concórdia, mais 1 pessoa morreu. No interior de SP, Votorantim e Piracicaba confirmaram mais 1 óbito cada uma. O total de mortes até ontem, segundo os Estados, chegava a 402.

Mais conteúdo sobre:
gripe suínaAmazonasmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.