Amazon.com planeja mercado de serviços locais ainda este ano, dizem fontes

A Amazon.com planeja lançar neste ano um mercado para serviços locais, um termo abrangente que cobre desde babás até palhaços para aniversários, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

REUTERS

11 Junho 2014 | 12h18

A Amazon quer medir a demanda e testar a logística antes da implementação nos Estados Unidos, espelhando o modo como abordou seu serviço de entrega de alimentos, o Amazon Fresh. O Fresh foi testado em Seattle durante anos antes de ser ampliado para San Francisco e Los Angeles no ano passado.

A medida mira diretamente sites de análise de consumo como Yelp e Angie List, além das redes norte-americanas de reforma de residências Home Depot e Lowe's , que investiram em maneiras de conectar consumidores a encanadores, pintores e outros prestadores de serviços locais.

A Amazon não quis comentar.

O serviço marca uma nova fronteira para a Amazon, que tem focado em vender produtos, incluindo livros, bens de consumo, alimentos e mídia. O setor de serviços locais é enorme e crescente, mas tem sido difícil para dar lucro às companhias, já que as ofertas devem ser ajustadas para cada cidade ou região.

A Amazon também tem experimentado maneiras de unir serviços aos produtos que vende. Um exemplo recente foi um teste em seu website oferecendo serviços de instalação para usuários que compraram termostatos.

(Por Deepa Seetharaman)

Mais conteúdo sobre:
TECHAMAZONCOMSERVICOSLOCAIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.