AMD tem resultado acima do esperado e ação dispara

A fabricante de chips AMD teve resultado de primeiro trimestre acima do esperado pelo mercado, o que fez as ações da empresa dispararem. O desempenho veio com estratégia da companhia de focar em chips para consoles de videogames ante o enfraquecimento do mercado de computadores pessoais.

Reuters

17 Abril 2014 | 20h01

Com a indústria do PC encolhendo pelo oitavo trimestre consecutivo diante da preferência dos consumidores por tablets e celulares inteligentes, a AMD está se expandindo para novos mercados e tem como meta obter metade de sua receita a partir de novos negócios de rápido crescimento até o final de 2015.

Destaque deste esforço é o fornecimento da companhia de processadores para as últimas versões dos consoles de videogame da Microsoft e da Sony.

"Nada disso muda da noite para o dia. É uma reestruturação trimestral que vai mudar o perfil da AMD", disse Cody Acree, analista da Ascendiant Capital.

Na quarta-feira, a Sony anunciou que vendeu mais de 7 milhões de consoles PlayStation 4 em apenas quatro meses até 6 de abril, o dobro do número vendido da versão anterior do aparelho.

A AMD teve prejuízo líquido de 20 milhões de dólares, ou 0,03 dólar por ação, no primeiro trimestre. Um ano antes o prejuízo havia sido de 146 milhões de dólares, ou 0,19 dólar por papel.

Porém, excluindo eventos não recorrentes, a AMD teve lucro de 0,02 dólar por ação, melhor que a previsão de lucro zero por papel esperada por analistas, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita cresceu 28 por cento, para 1,40 bilhão de dólares no trimestre.

Mais conteúdo sobre:
TECHAMDRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.