Americano é acusado de abusar de menor com quem se 'casou' em jogo online

John W. Phillips viajou de Massachusetts para se encontrar com adolescente em Detroit.

BBC Brasil, BBC

10 de fevereiro de 2011 | 11h27

Phillips mudou a aparência para tentar escapar da polícia

Um americano de 54 anos foi preso por manter relações sexuais com uma adolescente de 13 anos que conheceu em um jogo online.

John W. Phillips, do Estado americano de Massachusetts, teria se "casado" virtualmente com a menina, que mora em Detroit, Michigan, no jogo Runescape, que permite que os participantes assumam identidades diferentes e interajam entre si.

"Eles se casaram no jogo. Talvez ele pensou que seria legítimo na vida real. Não é", disse Ray Jonhnson, da Polícia de Detroit.

De acordo com o site do jornal The Detroit News, Phillips tem 11 acusações contra ele, incluindo agressão sexual, usar um computador para se comunicar com outra pessoa para cometer um crime, abordagem de uma criança para fins imorais e atividades de abuso sexual de crianças. As sentenças máximas para estas acusações vão de quatro a 20 anos de prisão.

Viagens

Phillips e a adolescente mantiveram contato por meio do jogo online durante o ano de 2010. Segundo o xerife Benny Napoleon, do condado de Wayne, em Detroit, ele tentou, sem sucesso, enviar um telefone celular para a garota pelo correio.

O Telegram afirma que Phillips viajou para Michigan três vezes para ver a adolescente e, nestas visitas, manteve relações sexuais com a jovem. Em uma destas vezes ele entregou um telefone celular pessoalmente à garota.

A mãe da adolescente chamou a polícia depois de descobrir que ela estava usando o telefone celular que recebeu de Phillips. A jovem não tinha permissão para ter um celular.

Phillips foi detido em Nova York, quando visitava seu pai. Ele também tentou mudar a aparência para escapar da polícia, mudando a cor dos cabelos e deixando a barba crescer.

Em uma operação conjunta entre as polícias de vários Estados americanos, Phillips foi levado de volta para Michigan, onde será julgado.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.