Americano quer cruzar o Atlântico carregado por balões de borracha

Balonista já cruzou o Canal da Mancha e os Alpes e pede financiamento a internautas.

BBC Brasil, BBC

09 de novembro de 2012 | 17h27

O aventureiro americano Jonathan Trappe já cruzou o Canal da Mancha e os Alpes suspenso apenas por balões de hélio. Agora, pretende ir mais longe e atravessar o Oceano Atlântico, sustentado por 365 balões de borracha.

O plano é decolar da Costa Leste dos Estados Unidos rumo à França, impulsionado apenas pelo vento.

Por isso, o próprio aventureiro admite que seu destino exato é desconhecido.

Trappe diz que a sua equipe tem o conhecimento necessário, e ele, a experiência para realizar essa aventura.

Mas, para realizar a façanha, Trappe está tentando levantar mais de R$ 600 mil pelo sistema de crowdfunding.

Qualquer um pode contribuir, a partir de mais ou menos R$ 40 em

Ele afirma que o dinheiro - junto com os R$ 350 mil que já desembolsou - vai ser investido em hélio, para encher os balões especiais, resistentes a raios ultra-violeta, para pagar a equipe e o oxigênio necessário para respirar em grande altitude.

Jonathan Trappe já está no livro Guinness de recordes pelo mais longo voo sustentado por balões de hélio - 13 horas e 36 minutos para percorrer 175 quilômetros em 2010.

Mas a nova aventura - que pode virar um documentário para televisão - promete marcas ainda mais impressionantes. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.