Anac dá ultimato para que Gol/Varig elimine atrasos

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) notificou a companhia aérea Gol/Varig para que ela melhore o atendimento nos aeroportos do Galeão (RJ), Brasília (DF) e Guarulhos (SP). A Anac informa ainda que convocou uma reunião com a empresa para sexta-feira, para analisar outras medidas, se os atrasos persistirem. Em nota, o órgão ressalta que a análise dos problemas da Gol/Varig neste período de fim de ano poderá levar até mesmo ao cancelamento de vôos já autorizados para a companhia. "Porém, durante os dias que antecedem o Natal e o Ano Novo, a agência irá preservar o direito do passageiro e manterá os vôos, cobrando mais eficiência da companhia para que os atrasos sejam reduzidos", afirma o órgão, na nota. A agência adianta que já identificou que em Guarulhos a Gol/Varig já ocupou todas as posições de check-in e está aumentando as posições nos demais aeroportos, mas ressalta que o órgão intensificou a fiscalização nas filas de check-in da companhia, na prestação de informações ao usuário e na coordenação da malha aérea.A Anac destaca que hoje os índices de atrasos da empresa Gol/Varig ficaram acima da média nacional e influenciaram o índice nacional, de 26,4%, até às 17 horas. "A Gol/Varig responde por quase 40% dos vôos no Brasil", ressaltou a Anac.A Anac destaca que até às 17 horas de hoje a TAM teve um índice de atrasos de apenas 7,7%, inferior ao que vinha ocorrendo nos últimos meses. A Gol/Varig, por sua vez, registrou demora acima de 30 minutos em 49% das decolagens.Apesar dos atrasos observados na Gol/Varig, o índice de atrasos no Brasil para o mês de dezembro, observou a agência, é 29% inferior ao de dezembro de 2007. O índice de cancelamentos de vôos nos primeiros quatro dias da Operação Feliz 2009 manteve-se na média do segundo semestre do ano, ficando em 2,7% - metade dos 5,6% registrados ao longo do mês de dezembro de 2007.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.