Análise de DNA pode salvar as baleias

Pesquisadores australianos disseram nesta quinta-feira que a análise de fragmentos de pele de algumas baleias poderá ajudar a determinar sua idade, um desenvolvimento que poderia invalidar um argumento para matá-las. O Japão argumentou por muito tempo que matar baleias da subordem dos misticetos, os animais que não possuem dentes, como a baleia-jubarte e a baleia-minke-antártica, é a única maneira de determinar suas idades, e essencial para o melhor entendimento do comportamento dos animais.Tóquio planeja matar mais de mil baleias-minke em 2006, 400 a mais do que no ano passado e mais que o dobro do número que caçou na década passada, como parte de seu programa de pesquisa cientifica. Mas uma equipe do Centro de Pesquisa de Baleia da Universidade Southern Cross disse que o DNA nos fragmentos de pele das baleias poderia dizer aos cientistas quanto tempo os animais já viveram."Os japoneses usaram uma série de desculpas para matar as baleias-minke e sua última é uma alegação de que eles precisam disso para determinar a idade dos animais", disse Peter Harrison, diretor do centro."Essencialmente, essa análise significaria que o Japão não poderia mais matar baleias com o objetivo de determinar sua idade", ele disse. "Assim, ou eles teriam que modificar seu programa de pesquisa para parar de matar baleias ou admitir que eles estão na realidade realizando caça comercial usando a ciência como desculpa e, portanto, mudar a natureza de seu programa de caça".A pesquisa está na edição desta semana da revista Nature.Curt Jenner, diretor administrativo do Centro para a Pesquisa de Baleia no oeste da Austrália, disse que a análise do DNA é uma técnica que "todos nós estamos com bastante esperanças de que seja viável no futuro". "Seria realmente fantástico se funcionasse, pois invalidaria um dos últimos argumentos que os japoneses utilizam para a caça científica", disse.A idade das baleias é normalmente determinada pela extração de seus dentes. Como as baleias misticetas não possuem dentes, a única maneira de saber sua idade é fotografando-a ano a ano, ou dissecando um animal morto, explicou Jenner.

Agencia Estado,

03 de agosto de 2006 | 15h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.