Anglo obtém licença para linha de transmissão do Minas-Rio--nota

O Conselho de Política Ambiental de Minas Gerais (Copam) concedeu à Anglo American a licença ambiental de instalação (LI) da linha de transmissão de 230 quilovolt (kV) que irá abastecer a planta de beneficiamento do Projeto Minas-Rio, informou a mineradora nesta sexta-feira.

REUTERS

16 Março 2012 | 17h56

"Essa licença era a última grande licença a ser obtida pela Anglo American antes da licença de operação (LO) do projeto", afirmou a empresa por meio de nota.

Principal projeto mundial da Anglo American, com investimentos estimado em quase 6 bilhões de dólares, o Minas-Rio está em fase de obras e atingirá, em sua primeira fase, uma capacidade de produção de 26,5 milhões de toneladas de minério de ferro.

A linha terá aproximadamente 90 km de extensão, com trajeto que irá da subestação em Itabira até o município mineiro de Conceição do Mato Dentro, onde se localiza a mina e a usina de beneficiamento do empreendimento.

O Minas-Rio encontra-se em fase de implantação nos Estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro e aproximadamente 60 por cento das obras já foram concluídas.

A fase operacional do projeto deverá ser iniciada no segundo semestre de 2013.

O projeto prevê também o maior mineroduto do mundo, com 525 km de extensão, que atravessará 32 municípios mineiros e fluminenses, além de terminal de minério de ferro do Porto de Açu, no qual a Anglo American é parceira da LLX com 49 por cento de participação, localizado em São João de Barra (RJ).

(Por Roberto Samora)

Mais conteúdo sobre:
MINERACAOANGLOTRANSMISSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.