Animado, Zico canta a amizade do Brasil e Japão na avenida

Ex-jogador do Flamengo, Zico participou como destaque em um dos carros alegóricos do desfile da Águia de Ouro em homenagem ao Japão. Em entrevista à TV Globo, antes de entrar na avenida, Zico afirmou estar honrado pelo convite para desfilar. Durante a passagem da escola, o ex-jogador se mostrou bastante animado e cantou durante o tempo todo.

FELIPE RESK, MÔNICA REOLOM E PAULA FELIX, Estadão Conteúdo

14 Fevereiro 2015 | 06h05

Além do carro alegórico que levou Zico, uma das alas da Águia de Ouro foi dedicada ao futebol. O ex-jogador do Flamengo e seleção brasileira Zico encerrou a carreira no Japão, onde é idolatrado.

Penúltima escola da noite, a Águia de Ouro entrou na passarela com o samba-enredo "Brasil e Japão: 120 anos de união". A comissão de frente teve direito a nave com telas de Led exibindo mangá. Um dos carros alegóricos foi trazido da cidade de Goshogowara, no Japão. A alegoria foi montada no Brasil por uma equipe de japoneses.

A Águia de Ouro abriu o desfile em tom futurista, com alas com fantasias mais rústicas - que retrataram o hábito alimentar dos japoneses a base de frutos do mar e legumes. O segundo carro alegórico, em formato de barco, também trouxe um pouco desses costumes, além de abordar esportes populares no país oriental, como o sumô e o beisebol.

Em uma das alas da Água de Ouro, as fantasias lembravam karaokês, que são bem comuns na Liberdade: o bairro japonês em São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
carnaval Águia de Ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.