Anvisa regulamenta atendimento médico em casa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publica nesta segunda-feira resolução com as regras para o funcionamento de serviços de saúde que prestam atenção domiciliar. Esses serviços são utilizados por pacientes com dificuldades para se locomover, ou que necessitam de procedimentos de internação que podem ser realizados na residência, o que reduz riscos.A partir de agora, as instituições de saúde que realizam esse tipo de atendimento terão de adotar os padrões de funcionamento determinados pela Anvisa. Um exemplo é o prontuário do paciente, que ficará à disposição na residência.Os familiares também deverão receber todas as informações necessárias sobre a assistência prestada ao paciente. Além disso, antes de realizar a internação domiciliar, o serviço de saúde terá de verificar se condições como ventilação, espaço para equipamentos e facilidade de acesso são adequadas para o tratamento indicado.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2006 | 18h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.