Daniel Teixeira/AE
Daniel Teixeira/AE

Ao menos 30 praias de São Paulo estão impróprias para banho

Índice da Cetesb revela que praias também estão impossibilitadas de ter atividades esportivas na água

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

04 de fevereiro de 2012 | 14h20

Ao menos 30 das cerca de 165 praias do litoral de São Paulo estão impróprias para banho, segundo boletim da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) divulgado neste sábado, 4. As amostras para registrar as condições das praias foram coletadas no período entre os dias 3 e 29 de janeiro, segundo a Cetesb.

O índice de balneabilidade, que revela qual é a condição da praia em possibilitar o banho e atividades esportivas em suas águas de forma saudável, aponta que as praias que estão impróprias no litoral norte são Enseada, Perequê-Mirim, Iperoig e Itaguá, em Ubatuba.

Em São Sebastião, os turistas devem evitar as praias de São Francisco, Pontal da Cruz, Deserta e Praia do Norte. Em Caraguatatuba, as praias impróprias são Cocanha, Prainha, Indaiá e Centro. Em Ilhabela, a praia do Pinto, Itaguaçu, Itaquanduba, Ilha das Cabras e Viana.

No litoral sul, as praias impróprias estão na Enseada, em Bertioga, Perequê e Enseada, no Guarujá, Ponta da Praia, em Santos, Milionários, Prainha e Ilha Porchat, em São Vicente, Maracanã, Real, Jardim Solemar, Vila Tupi, Vila Mirim, Vila Caiçara e Flórida, na Praia Grande, Centro, em Itanhaém, e do Leste em Iguape.

Tudo o que sabemos sobre:
praiasSPbanhosCetesb

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.