Aplicativos de celular são novas causas de acidentes de trânsito

Por Richard Chang

REUTERS

27 de junho de 2011 | 20h06

NOVA YORK, 27 de junho (Reuters Life!) - Primeiro foram os chats, depois as mensagens de texto. Agora os aplicativos estão distraindo jovens motoristas. Mais de um terço dos estudantes de uma universidade dos Estados Unidos afirmou usá-los atrás do volante.

De acordo com novas pesquisas da Universidade do Alabama (UAB), até mesmo motoristas que já relataram acidentes anteriores envolvendo aplicativos de celulares, não conseguem resistir a usá-los enquanto dirigem.

"É assombroso, assustador. Muito pouco dessa atividade se deve a negócios urgentes. É socialização e entretenimento", disse David Schwebel, diretor do laboratório de segurança da juventude da UAB, que supervisionou o estudo.

Dez dos quase 100 estudantes da UAB entrevistados no estudo relataram acidentes diretamente relacionados à direção distraída nos últimos cinco anos e três deles tiveram dois acidentes no período.

Todos que participaram da pesquisa são donos de smartphones e usam aplicativos ao menos quatro ou mais vezes por semana.

"O que salta aos olhos é o número de participantes que afirmou compreender que o uso da Internet em aparelhos móveis na direção é perigoso, mas continua fazendo isso", disse Lauren McCartney, que trabalhou no estudo.

Socializar pelo telefone pareceu mais importante para alguns estudantes universitários do que a segurança no trânsito.

"Eles parecem bastante interessados em se manter atualizados com o que todos estão fazendo a cada hora do dia", disse McCartney.

Dez por cento dos estudantes admitiu usar frequentemente ou quase sempre aplicativos ao dirigir. Mais de um terço os utiliza de vez em quando.

Tudo o que sabemos sobre:
TECHAPPSCARRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.